Charles Chaplin - Meu sonho não tem fim

Charles Chaplin

   Voltar à Lista

Charles Spencer Chaplin nasceu em 16 de abril de 1889, em Londres, Inglaterra. Sua mãe, Hannah Harriette Hill, e seu pai, Charles Chaplin, eram artistas sem recursos, e desta forma, as cruéis realidades da vida, visitaram-no durante toda sua infância.

 

Talvez, devido a tanto infortúnio tornou-se, no auge da fama, uma das vozes mais ativas e críticas à injustiça contra o ser humano. Atacando de maneira mordaz e genial, toda e qualquer forma de autoritarismo.

 

Em 1910, embarcou para os Estados Unidos, e dois anos depois foi contratado por uma das maiores produtoras de cinema da época. Durante duas décadas realizou dezenas de filmes, muitos deles geniais, e que se tornaram clássicos do cinema mudo.

 

Chaplin nunca escondeu sua simpatia pelo socialismo e a defesa das classes oprimidas. No inicio da década de 30, essa consciência intensificou-se e ele transferiu suas inquietações para seus dois únicos filmes feitos nesta década. “Tempos modernos” (1936), foi uma maravilhosa sátira, sobre a alienação dos operários no processo de produção em massa, e “O grande ditador” (1940), que era de uma ousadia inédita até então, quando Chaplin, caricaturou e fez uma critica genial, a ninguém menos do que Adolf Hitler.

 

Chaplin morreu na madrugada de 25 de dezembro de 1977, em Vevey, na Suíça. Perdia-se, naquela manhã de Natal, o gênio do cinema de infância triste, que através de seus filmes, fez com que milhões de espectadores do mundo inteiro e de diversas gerações, rissem, chorassem e por muitas vezes refletissem sobre as desigualdades e atrocidades de um mundo tão cruel.

   Voltar à Lista

 


Copyright © 2017 ONG “Meu sonho não tem fim” - Todos os direitos reservados.

Powered by 2 SYS